FANDOM


Esta Unidade de Combate e Infiltração da Cyber Research Systems Modelo 101 Série 850 foi mandado de volta no tempo de 2032 para 2004 por Kate Connor para proteger sua versão mais jovem e seu futuro marido, John Connor.

PersonalidadeEditar

Embora fisicamente similar ao T-800, o T-850 possui várias diferenças notáveis; a aparência do T-850 é de uma pessoa mais velha que o T-800 e não tem o senso de humor exibido por seu antecessor. Ele também parece se defender quando responde que é um "organismo cibernético" e não um "robô" como John havia dito. Embora originalmente programado para seguir todas e qualquer ordens de Kate, ele pode sobrepor esta programação e prendê-la num caminhão contra sua vontade. Ele diz que uma de suas subrotinas básicas é psicologia humana, e apesar de sua falta de humor ele ainda é capaz de criar uma conexão emocional a John quando luta com a reprogramação do T-X em seu sistema e depois novamente quando diz adeus para John.

O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das MáquinasEditar

Quando ele sai da esfera de deslocamento temporal na Califórnia, ele vai até um clube para pegar sua roupa e então rouba um caminhão e óculos de sol.

Ele aproxima Connor numa clínica veterinária onde Brewster trabalha e leva os dois com ele na traseira duma van para escaparem do T-X, um novo e mais avançado Exterminador. Enquanto dirige, John pergunta a ele sobre suas memórias, achando que ele teria as mesmas memórias de "Tio Bob". Ele diz que o Exterminador mandado da última vez era uma unidade diferente. Ele também diz a John que o T-X foi mandado pelo tempo para eliminar seus tenentes. E também que seus esforços anteriores (no segundo filme) não impediram o Julgamento Final, mas apenas o adiou e que o T-X foi desenhado para ser capaz de derrotar outros Exterminadores.

Num cemitério, os três vão até o túmulo de Sarah Connor. O Exterminador abre seu caixão e encontra armas dentro. Quando a polícia chega, eles saem e confrontam o T-X. Depois, num esconderijo, o Exterminador revela que se o T-X falhar em matar John, ele mataria os futuros oficiais de John como alvos secundários, incluindo o pai de Kate, Robert Brewster. Enquanto dirige, o Exterminador revela que segue os comandos de Kate ao invés de John, diferente das outras unidades, pois foi Katherine que enviou a máquina do futuro, e não John, pois o Exterminador matou John em 2032 antes de ser capturado e reprogramado pela Resistência, e foi escolhido pela Skynet para infiltração pela ligação emocional de John devido às suas experiências em criança.

Na instalação da Cyber Research Systems, o Exterminador batalha com unidades T-1. Ele também luta com o T-X, mas perde, resultando nele sendo infectado pelos nanites do T-X que tomam controle de seu corpo. Controlado pelo T-X, o T-850 começa a atacar John e Kate, mas se desligou para impedir que ele mate John quando ele o confronta com o conflito entre suas ações e sua missão primária programada para garantir a sobrevivência de John e Kate. Depois ele religa, ganhando seu controle, e novamente luta com o T-X em Crystal Peak após pegar um helicóptero para seguir John e Kate. Embora bater o helicóptero no T-X apenas danificou suas pernas e aparência externa, o dano o atrasou o suficiente para que John e Kate entrem no bunker subterrâneo para esperar a guerra nuclear inevitável. Quando o T-X tenta seguí-los, o T-850 detona sua última célula de energia de hidrogênio, para se destruir e ao T-X, colocando a célula dentro da boca de seu oponente, resultando numa detonação massiva. Percebendo que a guerra havia começado, John diz que tudo que ele pode fazer agora é seguir o exemplo do Exterminador e nunca parar de lutar.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.